Divulgação

Foto que integra a mostra 'Imagens humanas', de João Roberto Ripper

Foto que integra a mostra ‘Imagens humanas’, de João Roberto Ripper

No próximo dia 7 de setembro será aberta  a exposição fotográfica  “Imagens Humanas”, na Caixa Cultural de Salvador, do fotógrafo João Roberto Ripper, cuja temática de sua obra é a abordagem sobre os  Direitos Humanos.

Segundo o curador da exposição Dante Gastaldoni, “Poucas imagens são tão radicalmente humanas quanto as fotografias produzidas por João Roberto Ripper. Elas são frutos de um olhar humanista sobre os muitos territórios que integram nosso país e constituem um vigoroso painel fotográfico do povo brasileiro”.

A  mostra exibirá 70 imagens selecionadas do arquivo  de Ripper e estará   em cinco módulos temáticos: Amor, Dor,  Alegria, Superação e Liberdade. Os ensaios, que marcam a documentação fotográfica de Ripper (índios, carvoeiros, trabalho escravo), portanto, reaparecem caracterizados por sentimentos que podem ser identificados em suas fotos.

“É um privilégio a possibilidade de apresentar e promover o encontro do público com o trabalho o  deste titã da fotografia e da arte”, afirmou Mariana Marinho.

João Roberto Ripper é formado em jornalismo e já teve seus trabalhos publicados em grandes veículos de comunicação, como os jornais Washington Post, New York Times, Le Monde e Herald Tribune.

Além de seu trabalho como fotógrafo, Ripper está à frente da agência-escola “Imagens do Povo”, criada em 2004, na Maré, uma das maiores favelas do Rio de Janeiro. Na agência-escola, ele ensina jovens fotógrafos e os prepara para o mercado de trabalho.


Anúncios